RADIO RESTITUI


sábado, 11 de fevereiro de 2017

A situação dos mortos em Cristo e a ordem das ressurreições. (1 Coríntios 15:12-16)


A situação dos mortos em Cristo e a ordem das ressurreições.
(1 Coríntios 15:12-16)

 “ Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? 13 E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. 14 E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. 15 E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam. 16 Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou.”
(1 Coríntios 15:12-16)

V.14  “E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.”

Ler também: 1 Coríntios 15:12-58


INTRODUÇÃO.

Esta  aula do livro de Apocalipse, nasceu quando uma moça da igreja me procurou, dizendo ter dúvidas sobre este assunto. Esclareci suas dúvidas  e preparei uma aula mais completa sobre o tema: A situação dos mortos e a ordem das ressurreições.
O Pilar da doutrina Cristã é a ressurreição de Cristo e sua vitória sobre a morte.
V.14  “E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.”

No túmulo de Cristo da Jerusalém atual, está escrito:
“He is not Here. For Risen.” (Ele não está aqui, mas resuscitou.)

1) O PENSAMENTO GREGO-ROMANO SOBRE O TEMA.
Nos dias de Paulo, o pensamento de que a morte é o fim de tudo estava muito forte no mundo grego-romano. Ambos acreditavam que a morte era o fim e que por isso, deveriam aproveitar a vida o máximo que pudessem.
Paulo pregou no Areópago ateniense sobre a ressurreição dos mortos e o juízo final. (Atos 17:24-34)
“O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas;E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós; Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração.Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens. Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam; porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos. E, como ouviram falar da ressurreição dos mortos, uns escarneciam, e outros diziam: Acerca disso te ouviremos outra vez. E assim Paulo saiu do meio deles.Todavia, chegando alguns homens a ele, creram; entre os quais foi Dionísio, areopagita, uma mulher por nome Dâmaris, e com eles outros.” (Atos 17:24-34)

Obs. Duas conversões em Atenas. (Dionísio e Dâmaris)

Uma alma vale mais que o MUNDO inteiro!

2) O PENSAMENTO GREGO MINOU A CRENÇA DE UM POVO E UMA IGREJA.

A igreja de Corinto estava localizada na Grécia e por isso era diretamente influenciada pela cultura, hábitos e crenças deste país milenar.

O nome Atenas é na verdade uma homenagem a “deusa” Atena, do panteão grego, situado no monte Olimpo.(Crença Grega)


3) PAULO DEDICOU 58 VERSÍCULOS AO TEMA MORTE E RESSURREIÇÃO, AO ESCREVER AOS CORÍNTIOS.

“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze.Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.”(1 Coríntios 15:3-6)

Obs. “Porque primeiramente vos entreguei...”

O primeiro fundamento entregue a esta igreja foi a ressurreição de Cristo dentre os mortos.

“He is not Here. For Risen.” (Ele não está aqui, mas resuscitou.”

3.1) O que alguns estavam pregando na igreja de Corinto.

“Ora, se se prega que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos? E, se não há ressurreição de mortos, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.” (1 Coríntios 15:12-14)

3.2) Paulo bateu com força na igreja de Corinto.

“ E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam.

Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou.
E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos.

Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.”               
(1 Coríntios 15:14-19)

O PENSAMENTO GREGO E HUMANISTA PERMANECE ATÉ HOJE COM MUITO MAIS FORÇA.

“Se, como homem, combati em Éfeso contra as bestas, que me aproveita isso, se os mortos não ressuscitam? Comamos e bebamos, que amanhã morreremos. Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.(1 Coríntios 15:32,33)


Para nós, os crentes em Jesus, permanece o que está escrito: “Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os MORTOS.”(Atos 17:24-34)

"Nós os que temos o Espírito Santo aguardamos a redenção de nosso corpo. (Romanos 8:22,23)

Nosso corpo geme e suporta angústias até que seja glorificado.


4. A ORDEM DAS RESSURREIÇÕES.

Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro.
(1 Co.15:23)(1 Co.15:51-54)

Nos os vivos, que estivermos vivos na terra por ocasião do arrebatamento, seremos imediatamente transformados (Corpo glorificado)  e arrebatados para o encontro com o SENHOR nos ares. (1 Tes.4:13-17)

Os vivos serão glorificados e arrebatados para o encontro com Jesus nos ares. (1 Tes.4:13-17)

Obs. O arrebatamento da igreja SERÀ antes da grande tribulação.

4.1) Transportados do Sheol para o paraíso.

Os santos mortos no antigo testamento, foram transportados do “Sheol” ou “regiões inferiores da terra”, para o paraíso ou terceiro céu, descrito por Paulo em                    (2 Coríntios 12:1-4) Paraíso.

Nos três dias entre sua morte e sua ressurreição Jesus não ficou parado.

Ele desceu as regiões inferiores da terra e levou cativo o cativeiro transportando-os ao paraíso.

“Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro,e deu dons aos homens. Ora, isto—ele subiu—que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra? Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.(Efésios 4:8-10)

Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito; 19 No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão.” (1 Pedro 3:18,19)

Jesus pregou aos espíritos em prisão e também tomou as chaves da morte e da vida das mãos do diabo.

O Cordeiro vencedor tem as chaves da morte e da vida.

4.2) Não me detenhas...

“Disse-lhe Jesus: Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.” (João 20:17)

4.3) O Seio de Abraão é um lugar de espera e regozijo.

“E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.” (Lucas 16:22)

“E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio.” (Lucas 16:23)

Os filhos de Abraão são os filhos da fé que teve Abraão.


5. A SITUAÇÃO DOS MÁRTIRES EM CRISTO E DOS PROFETAS MORTOS.

Na aula que falamos sobre a abertura dos seis primeiros selos, Apocalipse 6, mostrei que todo sangue inocente será vingado pelo CORDEIRO vencedor.

E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.(Apocalipse 6:9-11)


5.1) Disse Jesus:

“Desde o sangue de Abel, até ao sangue de Zacarias, que foi morto entre o altar e o templo; assim, vos digo, será requerido desta geração.” (Lucas 11:51)

“ Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.” (Mateus 23:35)

“Para que desta geração seja requerido o sangue de todos os profetas que, desde a fundação do mundo, foi derramado.” (Lucas 11:50)



6) A VISÃO BÍBLICA SOBRE A MORTE.

“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze.Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também.”(1 Coríntios 15:3-6)


Quem morre em Cristo DORME NO SENHOR!

Nos os vivos, que estivermos vivos na terra por ocasião do arrebatamento, seremos imediatamente transformados (Corpo glorificado)  e arrebatados para o encontro com o SENHOR nos ares. (1 Tes.4:13-17)

Os vivos serão glorificados e arrebatados para o encontro com Jesus nos ares. (1 Tes.4:13-17)

"Nós os que temos o Espírito Santo aguardamos a redenção de nosso corpo. (Romanos 8:22,23)


7) NÃO SE ENTRISTEÇA COMO OS DEMAIS QUE NÃO TEÊM ESPERANÇA.

“Se esperamos em Cristo APENAS NESTA VIDA , somos os mais miseráveis de todos os homens. (1 Coríntios 15:19)

“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios; Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite. Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação; Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele.
Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.(1 Tessalonicenses 5:1-11)

  • ·         Não se entristeça como os que não tem esperança.
  • ·         Não seja cativo por satanás pelo medo da morte.(Hebreus 2:12-16)
  • ·         Deus não nos destinou para a ira
  • ·         Este DIA não nos apanhará de surpresa!

“Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele dia vos surpreenda como um ladrão; Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.” (1 Ts.5:1-11)

·         Por isso, não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios!
“Dizendo:Anunciarei o teu nome a meus irmãos,Cantar-te-ei louvores no meio da congregação. E outra vez: Porei nele a minha confiança. E outra vez: Eis-me aqui a mim, e aos filhos que Deus me deu. E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão. Porque, na verdade, ele não tomou os anjos, mas tomou a descendência de Abraão.” (Hebreus 2:12-16

Próxima aula: Capítulo 8
As Sete Trombetas do Apocalipse.

Pastor Venilton Jesus

Fevereiro de 2017
Postar um comentário