RADIO RESTITUI


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Vinho novo em ODRES  NOVOS.

Vinho novo em ODRES  NOVOS.

“Ninguém põe vinho novo em odres velhos; do contrário, o vinho romperá os odres; e tanto se perde o vinho como os odres. Mas põe-se vinho novo em odres novos.” (Mc.2:22).

INTRODUÇÃO.

O odre era um recipiente feito com pele de animais, que era devidamente preparada mas, com o passar do tempo envelhecia e ressecava. 

- Os odres eram sacos de couro utilizados para guardar líquidos. Um vinho novo só poderia ser colocado em um odre novo, pois a fermentação esticava o couro do odre que não deixava o vinho sair. Aquele odre não poderia ser usado novamente com vinho novo, pois odre sem elasticidade se rasgaria.

O vinho, era o suco extraído da uva que fermentava naturalmente dentro do odre. Portanto, quando se fazia o vinho novo, era sábio colocá-lo num recipiente de pele (o odre) que não arrebentasse na hora em que o vinho começasse a fermentar, e o melhor recipiente era o odre novo.

Jesus usava ilustrações simples em seus sermões no objetivo de comunicar 
sua mensagem. 

“Ninguém põe vinho novo em odres velhos; do contrário, o vinho romperá os odres; e tanto se perde o vinho como os odres. Mas põe-se vinho novo em odres novos.” (Mc.2:22).


1) O VINHO SIMBOLIZA O ESPÍRITO SANTO.

"E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito."(Efésios 5:18)

- Assim como o vinho novo não combina com odre velho, o Espírito Santo não combina com uma vida de pecado. Para ser cheio do Espírito Santo de Deus o crente precisa ter a sua vida renovada em Cristo, pois o vinho novo de Deus (O Espírito Santo) não entra num odre velho e sujo. Quando isso acorre haverá o rompimento da comunhão.


2) A VELHA ROUPA DO PECADO.

- Jesus disse que remendo novo não combina com roupa velha, ou seja, não podemos ser cheios do espírito Santo vivendo ainda no pecado.

"De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. 5 Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; 6 Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado." (Romanos 6:4-6)

- Não podemos querer conciliar a nova vida em Cristo com a velha vida do mundo.


3) JESUS E AS VELHAS TRADIÇÕES DO JUDAISMO.

- Ao falar sobre vinho novo e odres novos Jesus estava confrontando as velhas tradições religiosas do judaismo ortodoxo que estavam impedindo que algumas pessoas pudessem ter uma nova experiência com Jesus. 

 - As velhas tradições religiosas estavam impedindo que algumas pessoas pudessem ter uma nova experência com Deus. Jesus representava o vinho novo. As tradições representavam os odres velhos e endurecidos. Havia uma urgente necessidade de se romper com os velhos padrões de conduta para abraçar uma nova vida em Cristo, aqui representada pelo vinho novo.



4) A TRADIÇÃO DOS ANCIÃOS.

Algumas tradições dos dias de Jesus invalidavam o mandamento de Deus.

"Então chegaram ao pé de Jesus uns escribas e fariseus de Jerusalém, dizendo: 2 Por que transgridem os teus discípulos a tradição dos anciãos? pois não lavam as mãos quando comem pão. 3 Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição? 4 Porque Deus ordenou, dizendo: Honra a teu pai e a tua mãe; e: Quem maldisser ao pai ou à mãe, certamente morrerá. 5 Mas vós dizeis: Qualquer que disser ao pai ou à mãe: É oferta ao Senhor o que poderias aproveitar de mim; esse não precisa honrar nem a seu pai nem a sua mãe, 6 E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus. "(Mateus 15:1-6) 

"E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus. " 
(Mateus 15:6)

Ainda hoje existem muitas tradições invalidando a palavra de Deus.

–  Jesus confrontou as velhas tradições, usando as figuras do remendo de pano novo em vestido velho, e do vinho novo em odres velhos.

-  Ensinou  que não podemos  ter uma genuína experiência com Deus com  base nos velhos rituais religiosos. 


5) TRANSFORMAI-VOS PELA RENOVAÇÃO DA VOSSA MENTE.

"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. 2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."(Romanos  12:1-3)

- A nova relação com Deus, só combina com novas disposições de coração, mente e vontade. Precisamos de uma mente renovada. Só poderemos experimentar a boa,agradávele perfeita vontade de Deus se renovarmos nossa mente.

6) A DIFICULDADE DOS FARISEUS.

- Os discípulos dos fariseus e até mesmo alguns  discípulos de João Batista, estavam perdendo a oportunidade de desfrutar do Vinho novo, (A nova doutrina de Jesus) porque seus odres estavam envelhecidos pela tradição dos anciãos e pelos costumes e regras da lei mosaica , que os  condicionavam a normas de conduta e procedimentos religiosos do tipo: comer,beber,vestir etc...

-  Servir a Deus para eles significa obedecer uma extensa lista de mandamentos,o que faziam muitas vezes pelo medo  da punição e não por prazer de coração. Por esse motivo tiveran dificuldades de romper com esse estilo de vida(odres velhos)  para receberem o vinho novo de Jesus.


7) JESUS OS CONFRONTOU DURAMENTE.(Mateus 15:7-11)

"Hipócritas, bem profetizou Isaías a vosso respeito, dizendo: 8 Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. 9 Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens. 10 E, chamando a si a multidão, disse-lhes: Ouvi, e entendei: 11 O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem."
(Mateus 15:7-11)


CONCLUSÃO.

Abaixo os odres velhos.
Vinho novo em odres novos.
Rompamos com os velhos preceitos e tradições religiosas.
Renovemos nossas mentes.

Ainda hoje o  evangelho que muitos conhecem e pregam está baseado em comida,bebida,cortar ou não cortar o cabelo,raspar ou não rapar pernas,
usar ou não usar calça compridas,guardar sábados etc...

A lista é grande.

"Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, 17 Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo. 18 Ninguém vos domine a seu bel-prazer com pretexto de humildade e culto dos anjos, envolvendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, 19 E não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus. 20 Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: 21 Não toques, não proves, não manuseies? 22 As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; 23 As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne."( Colocensses 2:16-23)

Amém.

prvenilton@gmail.com


 


Postar um comentário