RADIO RESTITUI


quarta-feira, 26 de abril de 2017

Jesus, o fariseu e a PECADORA.

Título: Jesus, O fariseu a Pecadora.

Texto: (Lucas 7:37-50)


" Eis que uma mulher pecadora que havia na cidade, quando soube que ele estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com bálsamo; e estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas e os enxugava com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés e ungia-os com o bálsamo. Mas, ao ver isso, o fariseu que o convidara falava consigo, dizendo: Se este homem fosse profeta, saberia quem e de que qualidade é essa mulher que o toca, pois é uma pecadora."

Introdução.

Esta passagem  revela o grande contraste entre a religiosidade e a verdadeira adoração.

Deus abomina a religiosidade oca e desprovida de amor.

Deus não está procurando religiosos e sim, os verdadeiros adoradores que o adorem em espírito e em verdade.
(João 4:23,24)


1) Um retrato do mundo atual.

As grandes barbáries do mundo hodierno são feitas em nome de Deus e da religião.

A religião tem a marca da intolerância e odeia quem pensa diferente dela.

O amor que é o dom supremo não escolhe cor, raça, religião ou condição social.

A verdadeiro amor é altruísta e não busca seus próprios interesses.(1 Co.13)


2) O ensino de Cristo.

Disse Jesus:
 "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos se tiverdes amor uns para com os outros," (João 13 34,35)

O apóstolo João disse:
"Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é Amor."(1 João 4:8)

A base do verdadeiro evangelho é o amor a Deus e ao próximo.

 "Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e todo o que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." (1 João 4:7,8)


3) Explorando o texto base.

Três são os personagens principais desse texto:

1 - Jesus Cristo.
2 - Simão, o fariseu.
3 - A Pecadora que ungiu Jesus e lavou os seus pés com seus cabelos e suas lágrimas.

Conhecendo melhor os três personagens desta história.


4) Jesus Cristo, o filho de Deus.

Ele é o Deus que se fez homem.

Aquele que suportou a cruz por amor a mim e a cada um de nós.

Ele é a própria encarnação do Amor Real entre Deus e os homens.

Jesus nunca discriminou ninguém, seja por cor, raça condição social, religião, cor da pele ou sexo.

Ele entrou na casa do leproso, do pobre e do rico e do oficial  romano, sem jamais discriminar ninguém.

Ele percorreu as cidades e as aldeias, porque sabia que as pessoas estavam aflitas e exaustas, como ovelhas que não tem pastor.(MT.9:35,36)

Começou seu ministério na Galiléia, a região mais desprezível de toda a Judéia.

Era conhecido como amigo dos pecadores.

No texto-base, ele recebeu uma pecadora na casa de Simão, sem jamais censurá-la em nenhuma de suas atitudes.

5) Simão, o anfitrião​.

Simão, o anfitrião era o segundo personagem dessa história.

O texto nos revela que o mesmo era julgador, religioso e hipócrita.

Simão era Fariseu e um rígido observador dos  preceitos da lei mosaica.


5.1) Protocolo de recebimento.

No protocolo de recebimento a um visitante ilustre, Simão deveria lavar os pés de Jesus, ungir sua  cabeça  com óleo de oliva,que representava o Espírito de Deus e dar-lhe um beijo de boas vindas.(Ósculo santo)

Simão não fez nada disso por Jesus.

Ele descumpriu todos os protocolos de honra a um visitante ilustre.

Chegou a considerar Jesus um pecador, um falso profeta, pelo simples fato do mesmo se deixar ser tocado, por uma mulher "pecadora."

O texto não nos informa qual era o pecado desta mulher.

Provavelmente deveria ser uma prostituta, que naqueles dias, era totalmente desprezada, vivendo à margem daquela sociedade.


6) A pecadora.

O terceiro personagem desse texto, era uma mulher desesperada por Deus, que o texto a chama de "pecadora."

Suas práticas pecaminosas eram conhecidas em toda aquela sociedade.

Não tinha marido e provavelmente morava em um bordel.

6.1) Mas havia  algo nela   que agradava a Jesus, ou seja, ela estava desesperada e sedenta por Deus.

No livro do profeta Isaías está escrito que Deus derramaria água sobre os sedentos.

"Porque derramarei água sobre o sedento, e correntes sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre a tua descendência."
(Isaías 44:3)

6.2) Outra característica daquela "pecadora" era sua humildade.

"A minha mão fez todas essas coisas, e assim todas elas vieram a existir, diz o Senhor; mas eis para quem olharei: para o humilde e contrito de espírito, e que treme diante da minha palavra."(Isaías 66:2)

Ela foi humilde e caiu em súplicas diante do mestre.


6.3) O desejo de honrar a Jesus.

A terceira característica daquela mulher era o desejo intenso de honrar a Jesus.

Deus falou para profeta Samuel:

"Aos que me honram irei honrar. Aos que me desprezam eu os desonrarei." (1 Samuel 2:30)

6.4) A honra está ligada a tempo e a valores.

Você demonstra honra a algo ou a alguém, quando investe nele: Tempo e Valores.

Tempo e valores são as duas principais moedas da honra.

Nunca se esqueça disso.

Aquela mulher "pecadora" derramou um nardo precioso sobre a cabeça de Jesus.

Ela investiu tempo e valores em Jesus.


7) O valor dos cabelos para uma mulher.

Ela também enxugou os pés de Jesus com seus próprios cabelos.

Ela rebaixou sua maior Glória. (Os seus cabelos)

Ora, todos nós sabemos, que o cabelo é a maior glória de uma mulher.


7.1) A Bíblia confirma isso.

 "Mas se a mulher tiver o cabelo comprido, é para ela uma glória? Pois o cabelo lhe foi dado em lugar de véu."
(1 Corinthians 11:15)

Mulheres investem pesado em seus cabelos. Sim ou não?

Outro dia li uma matéria de uma socialite que gasta
R$500,00 em um única escova.

Fiquei escandalizado.

Eu lavo o meu cabelo com sabonete Palmolive e depois coloco um gel de R$ 6,00. Kkk

Homem não liga pra isso.

Já a mulher é o oposto.

Se o cabelo estiver mal arrumado, ela não vai a festas, casamentos etc..

Elas passam horas no salão arrumando o cabelo. Sim ou não?


7.2) Ao enxugar os pés de Jesus com os seus cabelos, ela rebaixou sua maior glória.

A maior honra que esta pecadora deu a Jesus, não foi o nardo precioso e sim,  enxugar os seus pés com seus cabelos.


7.3) O elogio do mestre aquela pecadora.

"E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta com suas lágrimas os regou e com seus cabelos os enxugou. Não me deste ósculo; ela, porém, desde que entrei, não tem cessado de beijar-me os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo; mas esta com bálsamo ungiu-me os pés.Por isso te digo: Perdoados lhe são os pecados, que são muitos; porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama. E disse a ela: Perdoados são os teus pecados."
(Lucas 7:44-48)

Conclusão:
Humildade, atitude de súplica, fome por Deus e desejo de honrá-lo fez toda diferença na vida daquela mulher.

Ela simplesmente entrou para a história porque em seu coração estava o desejo de honrar a Deus.

Que esta seja a minha e a nossa atitude diariamente.

E que Deus nos livre da garras da religiosidade de Simão.

A religiosidade oca e vazia, desprovida do amor ao próximo, continua sendo uma das piores desgraças do mundo atual.

Receba essa palavra em nome de Jesus.

Pastor Venilton de Jesus
prvenilton@gmail.com

Abril de 2017




Postar um comentário