RADIO RESTITUI


sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Quebrando PROTOCOLOS pela ADORAÇÃO.

Quebrando PROTOCOLOS pela ADORAÇÃO.
(2 Samuel 6:14-23)

"E sucedeu que, entrando a arca do SENHOR na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela e, vendo o rei Davi, que IA BAILANDO  e saltando diante do SENHOR, o desprezou no seu coração.17 E, introduzindo a arca do SENHOR, a puseram no seu lugar, na tenda que Davi lhe armara; e ofereceu Davi holocaustos e ofertas pacíficas perante o SENHOR.18 E, acabando Davi de oferecer os holocaustos e ofertas pacíficas, abençoou o povo em nome do SENHOR dos Exércitos." (2 Sm.6:16-18)

INTRODUÇÃO.

Davi,o grande rei de Israel tinha características únicas que fizeram o propio Deus encontrá-lo e chamá-lo de homem segundo o seu coração.

"Achei Davi,homem segundo o meu coração,que fará toda a minha vontade."(Atos 13:22)

1. A OBSESSÃO DE DAVI.

Davi tinha uma obsessão: Buscar a presença de Deus.

"Quando tu disseste: Buscai o meu rosto, o meu coração te disse a ti: A tua presença, SENHOR, eu buscarei." (Salmo 27:8)

Aquilo que se torna uma obsessão terminará se manifestando em nossa vida.


2) SAUL DESPREZOU A ARCA DE DEUS.

Nos quarenta anos de governo de seu antecessor,o rei Saul, a arca foi utilizada por vinte anos. Logo depois esteve abandonada por vinte anos,em Quiriate-Jearim. No final de seu reinado Saul desprezou completamente a arca e a presença de Deus.

"Então, vieram os homens de Quiriate-Jearim, e levaram a arca do SENHOR, e a trouxeram à casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram Eleazar, seu filho, para que guardasse a arca do SENHOR.2 E sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram, que chegaram até vinte anos; e lamentava toda a casa de Israel após o SENHOR."
(1 Samuel 7:1,2)

3. TRAZENDO A ARCA DE VOLTA PARA JERUSALÉM.

Assim que assumiu o trono, o primeiro ato de governo de Davi foi trazer arca de volta. A arca da aliança era o símbolo maior da presença de Deus. Na visão de Davi, trazer a arca de volta era trazer a presença de  Deus de volta para sua vida,familia e reinado. 

A maneira como começamos algo determinará  o final. Davi fez duas tentativas no objetivo de trazer a arca de volta. 

3.1) A primeira tentativa de trazer a arca foi uma completa frustração para Davi. (2 Samuel 6:1-9)

 2 Samuel 6:1-9 "Puseram a arca de Deus em um carro novo, e a levaram da casa de Abinadabe, que estava sobre o outeiro; e Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, guiavam o carro novo. 4. Foram, pois, levando-o da casa de Abinadabe, que estava sobre o outeiro, com a arca de Deus; e Aiô ia adiante da arca. 5. E Davi, e toda a casa de Israel, tocavam perante o Senhor, com toda sorte de instrumentos de pau de faia, como também com harpas, saltérios, tamboris, pandeiros e címbalos. 6. Quando chegaram à eira de Nacom, Uzá estendeu a mão à arca de Deus, e pegou nela, porque os bois tropeçaram. 7. Então a ira do Senhor se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali; e Uzá morreu ali junto à arca de Deus. 8. E Davi se contristou, porque o Senhor abrira rotura em Uzá; e passou-se a chamar àquele lugar, Pérez-Uzá, até o dia de hoje. 9. Davi, pois, teve medo do Senhor naquele dia, e disse: Como virá a mim a arca do Senhor?"
 - Bíblia JFA 

Como a arca estava esquecida por vinte anos, eles desaprenderam a maneira certa de transportá-la. Havia um protocolo ou um jeito certo estabelecido por Deus para carregar a arca que transportava sua presença.
Certas coisas são do jeito de Deus. O jeito de Deus para transportar arca era sobre os ombros dos levitas, através de  varas e argolas.

3.2) Nesta primeira tentativa Davi fez tudo errado.

Davi trouxe a arca sobre um carro de boi e não usou os levitas. Resultado: Uzá tocou na arca e foi fulminado.
Davi se desgostou,teve medo e enviou a arca para casa de Obede Edom. "Davi, pois, teve medo do Senhor naquele dia, e disse: Como virá a mim a arca do Senhor?"(2 Samuel 6:9)

4. DAVI CORRIGIU OS ERROS

Após 90 dias,Davi corrigiu os erros e trouxe a arca de volta da casa de Obede para Jerusalém.

(1 Crônicas 15:11-15)
"E chamou Davi os sacerdotes Zadoque e Abiatar e os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel e Aminadabe
12 e disse-lhes: Vós sois os chefes dos pais entre os levitas; santificai-vos, vós e vossos irmãos, para que façais subir a arca do SENHOR, Deus de Israel, ao lugar que lhe tenho preparado.13 Pois que, porquanto primeiro vós assim o não fizestes, o SENHOR fez rotura em nós, porque o não buscamos segundo a ordenança.
14 Santificaram-se, pois, os sacerdotes e levitas, para fazerem subir a arca do SENHOR, Deus de Israel.
15 E os filhos dos levitas trouxeram a arca de Deus aos ombros, como Moisés tinha ordenado, conforme a palavra do SENHOR, com as varas que tinham sobre si."


5. A NOVA FESTA DE DAVI. (2 Sm.6:12-18)

Esta segunda tentativa de trazer a presença de Deus foi realizada com uma grande festa e um grande cortejo.

"E Davi saltava com todas as suas forças diante do SENHOR; e estava Davi cingido de um éfode de linho."
(2 Samuel 6:14)

"E, introduzindo a arca do SENHOR, a puseram no seu lugar, na tenda que Davi lhe armara; e ofereceu Davi holocaustos e ofertas pacíficas perante o SENHOR.18 E, acabando Davi de oferecer os holocaustos e ofertas pacíficas." (2 Sm.6:17,18)


5.1) Nesta nova  celebração Davi estava vestindo:

- Vestes sacerdotais de linho.
- Trazia um éfode no peitoral.
- Estava também usando uma estola sacerdotal.

A estola sacerdotal era usada para consultar a Deus através das pedras Urim e Tumim.(Luz e Perfeição)

Pelas pedras de Urim e Tumim eles consultavam sobre a vontade de Deus.


5.2) Porque Davi usava um Éfode?

O Éfode era uma antiga vestimenta feita de linho fino, carmesim, estofo azul, ouro e púrpura que continha os nomes das doze tribos de Israel e era utilizada pelo sumo sacerdote ao apresentar-se a Deus no Lugar Santo.
Este Éfode era uma veste exterior não frouxa, sem mangas para os braços, e que estendia geralmente até abaixo aos quadris. Nos tempos do Velho Testamento o Éfode era exclusivamente uma vestimenta sacerdotal, em conexão com a adoração a Deus. Era utilizado nos momentos de oração e adoração. Davi estava vestido para adorar.

5.3) Bailando com o Éfode.

Davi quebrou o protocolo quando começou "a bailar" usando a estola e o Éfode. Imagine comigo agora um sacerdote dançando com vestimenta e estola sacerdotal. Davi quebrou o protocolo real.

Davi dançava diante da arca da aliança e se alegravra com "todas as forças" de seu ser. Davi não conhecia preconceitos e não se preocupava em seguir regras religiosas  quando se tratava de adorar a Deus. Ele "bailava" saltava e pulava de alegria pela volta da arca.
Ele até se "descobriu" diante do  povo.


6. A IRA DE MICAL CONTRA O COMPORTAMENTO DE DAVI.

Esta quebra do protocolo real desagradou Mical,sua esposa. 

Mical se enfureceu e desprezou o rei,seu marido.

"E, voltando Davi para abençoar a sua casa, Mical, filha de Saul, saiu a encontrar-se com Davi e disse: Quão honrado foi o rei de Israel, descobrindo-se hoje aos olhos das servas de seus servos, como um sem vergonha se descobre qualquer dos vadios."(2 Sm.6:20)

Mical chamou seu marido marido,o rei Davi de "Um sem vergonha."

6.1) A ofensa de Mical foi dupla.

Primeiro desonrou o rei.
Segundo desonrou seu marido.

Sua atitude envolveu um duplo desprezo.

Mical deveria estar ao lado do marido e rei de Israel.
A arca da aliança estava de volta.
Mical deveria estar na procissão dançando com Davi.
Era um dia de festa para seu marido.
Era um dia de festa em toda nação.
Naquela sociedade jamais uma esposa poderia ser desrespeitosa para com seu marido.


6.2) Mical e a janela da observação.(2 Sm.6:14-16)

Mical estava na janela.
Janela é lugar de observação e não de ação.
Pense na vizinha "Maricota" que observa tudo da janela.
Quem fica na janela gosta apenas de criticar.
Mical deveria ser parceira de Davi na adoração pela tão desejada volta da arca da aliança.
Porém,ela censurou seu marido.


7. A MALDIÇÃO DE DAVI CONTRA MICAL.

"Disse, porém, Davi a Mical: Perante o SENHOR que me escolheu a mim antes do que a teu pai e a toda a sua casa, mandando-me que fosse chefe sobre o povo do SENHOR, sobre Israel, perante o SENHOR me tenho alegrado. 22 E ainda mais do que isto me envilecerei e me humilharei aos meus olhos; e das servas, de quem falaste, delas serei honrado."(2 Sm.6:21,23)

7.1) Resumindo a resposta de Davi a Mical:

"Perante o meu Deus eu tenho me alegrado"
"Ele me escolheu ao invés de seu pai."
"Mais desprezível me farei aos seus olhos."
"As servas que você citou me honraram e você,minha própia esposa, me despreza." (2 Sm.6:21,23)

7.2) A sorte de Mical.

"E Mical, filha de Saul, não teve filhos, até ao dia da sua morte."  (2 Sm.6:23)


8. IGREJA QUE ADORA OU OBSERVA?

A atitude de Davi que adora em movimento,bem como a crítica de Mical,na janela da observação me lembra que existem dois tipos igreja: 
- Aquela que adora,trabalha e ora.                                (Igreja tipo Davi)
- Aquela que  observa,nunca trabalha e vive de críticas.(Igreja tipo Mical)

A "igreja" tipo Davi é frutífera e contagiante. 
A igreja tipo Mical,aquele que apenas critica, se tornará infrutífera, estéril e raquítica.

8.1) Saia do território da crítica.

Mical criticou a adoração de Davi  e morreu estéril!
Venha para a macha da adoração como fez o rei Davi.
Davi quebrou  os protocolos na hora de sua adoração.
Ele saltou,pulou,dançou e até bailou com todas as forças.
Davi promoveu uma "adoração suada"

Creio que este foi um dos motivos pelo qual Deus o elegeu como o "homem segundo seu coracão." 
(Atos 13:22)


8.2) Faça como Davi.

Adore e dançe sem preconceitos de sons ou ritmos.

Bispa Sonia Hernandez disse:
"Não ficará um ritmo nesta terra sem louvar e adorar ao SENHOR."


9. A RECLAMAÇÃO DE JESUS CRISTO.

Jesus também reclamou da indiferença do povo.

Disse Jesus:
"Eu toquei flauta e vocês não dançaram. Mandei entoar lamentações e vocês não choraram."(Lc.7:33)

Cuidado com sua insensibilidade espiritual.
Não esteja adormecido como Mical.
Há tempo de dançar e tempo de chorar.
Tempo de prantear e tempo de saltar de alegria.
Dançe e aplauda quando for necessário.
Chore quando houver necessidade.


9.1) O insensível,o religioso e o crítico não fazem nada disso.

Eu toquei flauta e vocês não dançaram. Mandei entoar lamentações e vocês não choraram."(Lc.7:33)

Repetindo: 
Cuidado com sua insensibilidade espiritual.

Cuidado com seus preceitos e regras!

A dureza religiosa fez Jesus chorar.
(Lucas 19:41-44)


10. JESUS E A PECADORA.(Lucas 7:36-50)

O evangelho de Lucas apresenta o relato de uma pecadora que ungiu Jesus.(Lucas 7:36-50)
A exemplo de Davi, esta mulher também foi outra pessoa que quebrou todos os protocolos religiosos no objetivo de adorar Jesus.

(Lucas 7:36-50)       
"E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa.
37 E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento.38 E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento.39 Quando isso viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora.40 E, respondendo, Jesus disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre.41 Um certo credor tinha dois devedores; um devia-lhe quinhentos dinheiros, e outro, cinqüenta.42 E, não tendo eles com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Dize, pois: qual deles o amará mais? 43 E Simão, respondendo, disse: Tenho para mim que é aquele a quem mais perdoou. E ele lhe disse: Julgaste bem.44 E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas e mos enxugou com os seus cabelos.45 Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés.46 Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento.47 Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.48 E disse a ela: Os teus pecados te são perdoados.49 E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados?59 E disse a mulher: Vai em paz,pois sua fé lhe salvou." 
(Lucas 7:36-50)

10.1) A crítica de  Simão.(Lucas 7:39)

Simão,o anfitrião de Jesus, deveria lavar os pés de Jesus na entrada. Deveria ungi-lo e beijá-lo ao chegar.
Assim se tratava um convidado ilustre.

10.2) A repreensão de Jesus contra a atitude de Simão,o fariseu:

"E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês tu esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; mas esta regou-me os pés com lágrimas e mos enxugou com os seus cabelos.45 Não me deste ósculo, mas esta, desde que entrou, não tem cessado de me beijar os pés. 46 Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta ungiu-me os pés com ungüento." (Lucas 7:44-46)
       

10.3) A maior honra de uma mulher são os  seus cabelos.

Uma mulher gasta muito dinheiro em seus cabelos.
A cabelo é a glória das mulheres. Sim ou não?
Esta mulher sujou seus cabelos com poeira e óleo ungido no objetivo único adorar a Jesus. Rebaixou a sua glória ou sujou os seus cabelos para adorar Jesus.

10.4) O fariseu chamado Simão  e Mical, a esposa de  Davi, foram desonrados por Deus porque optaram pela desonra e pela crítica.

CONCLUSÃO: 

Honra ou desonra?
Protocolos engessados ou adoração sem cerimônias?
Voce decide!

"Portanto, diz o SENHOR, Deus de Israel: Na verdade, tinha dito eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém, agora, diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos" (1 Sm.2:30)

Decida-se pela honra a Deus.

Decida ser um adorador em movimento  e não um crítico observador!

Adore a Deus sem reservas.

Quebre os protocolos.

Adore a Deus em espírito e em verdade.

Ainda hoje,são estes que Deus procura.

Deus unge pastores,envia missionários e procura adoradores. (Jo.4:23,24)(Sl.14:1,2)

Amém.

Pastor Venilton G. Jesus.
Dezembro de 2015
prvenilton@gmail.com

Postar um comentário