RADIO RESTITUI


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

O GARIMPEIRO E O CÃO.

O GARIMPEIRO E O CÃO.
Por Josy Marques.

O perigo da Precipitação

1) Eram quatro: o garimpeiro, a esposa, o filhinho e o cão fiel, que saíram em busca de diamantes, em uma localidade totalmente isolada.

1.1) Passados os dias,e anos, morreu a jovem esposa, pois não suportou as asperezas do inverno.

O trabalho não podia parar.

2) O cão fiel.

O Enquanto o garimpeiro procurava o diamante que lhe daria a riqueza, o cão fiel, ficava diariamente na cabana, tomando conta do bebê.

O lugar era solitário, nenhum vizinho num raio de quilômetros, nas proximidades; apenas os lobos que, em alcatéia, corriam os campos gelados à procura de alimento.

2.1) O cão era valente, de boa raça, e não seria qualquer lobo que o venceria.

E a vida ia correndo.

3) A tragédia familiar.

Uma tarde, ao regressar de uma caçada, o garimpeiro ouviu o latido do cão, que saiu porta fora e foi encontrá-lo.

Mas o que era aquilo?

O animal estava todo sujo de sangue.

4) A precipitação.

Raciocinando rápido, o dono do cão concluiu ainda mais apressado:

"Meu cão deve ter sido atacado de raiva, matou o bebê, e agora vai me atacar."

Não titubeou. Apanhou a espingarda, apontou e atirou, matando imediatamente o cão e livrando-se do grande perigo, pensou.

5) O bebê estava vivo.

Mas... ao entrar na cabana, lá estava o menino dormindo tranqüilamente, enquanto ao lado, com o pescoço quebrado, estava um lobo morto.

Seu fiel cachorro estava morto,devido a um ato de precipitação.

6) O perigo da precipitação.

O julgamento precipitado, apressado, o juízo de valor, fruto das aparências, pode nos levar a matar o nosso melhor amigo.

Pode ainda, nos levar a sacrificar nossas melhores amizades, menosprezar os bons cooperadores, denegrir a imagem do nosso irmão, e causar dano a alguém, de difícil reparação.

7) Moral da História.

A razão e a falta de prudência, podem se tornar um motivo de grandes tragédias.

A incapacidade de se conter, de pensar duas antes de falar ou agir, podem ferir ou matar aqueles que mais nos amam.

“Algumas pessoas fazem antes, pensam depois e então se arrependem para sempre.”

Pense nisso!

Postado por Blog  da Josy Marques
Postar um comentário