RADIO RESTITUI


sábado, 5 de dezembro de 2015

Vencendo os matadores de Sonhos.

Vencendo os matadores de Sonhos.
(Genesis 37:5,19,20)
 
“Teve José  um sonho e o relatou a seus irmãos, por isso o odiaram ainda mais.”“E disseram um ao outro: Eis lá vem o sonhador” “Vinde, pois, agora, e matemo-lo, e lancemo-lo numa destas covas, e diremos: Uma fera o comeu; e veremos que será dos seus sonhos”.
(Gênesis 37:5,19-20)

Introdução.

Os assassinos ou matadores de sonhos são como guerrilheiros que tentam nos matar, insultando-nos ou privando-nos de exercer o nosso pleno potencial. 

Eles são contra você e o motivo pelo qual lhe perseguem é muito claro: Os sonhos que Deus colocou em seu coração.
 
Os assassinos de sonhos são os tigres que “dilaceram nossa esperança”. 


1. Os irmãos de José.

Sabedores dos sonhos do irmão caçula, seus irmãos empreenderam um plano diabólico no objetivo de destruir o futuro do sonhador de Deus. Eles jogaram José num poço, venderam o mesmo como escravo ao Egito, despedaçaram o coração do pai com uma túnica ensangüentada, para se vingarem das preferências dadas a José na infância. O choro e o desespero de do pai não os comoveram. 


 “Vinde, pois, agora, e matemo-lo, e lancemo-lo numa destas covas, e diremos: Uma fera o comeu; e veremos que será dos seus sonhos”. (Gênesis 37:20)

Os irmãos de José num primeiro momento foram os tigres que dilaceraram sua esperança. Eram, movidos pela inveja,um dos piores sentimentos presentes no ser humano. Salomão disse que a inveja é a podridão dos ossos.(Provérbios 14:30)


2. O drama do invejoso.

O invejoso é aquele que  morde, porém não come a carne. Seu prazer é causar ou assistir o nosso sofrimento. 
Dói mais num invejoso o nosso sucesso do que o seu  própio fracasso. A raiva de um invejoso destrói sua reputação, devasta suas amizades, e o pior de tudo: amputa seu potencial. 

Nosso sucesso é medido pelo crescente número daqueles que nos invejam e nos criticam. Descanse, pois quem muito lhe critica quer o que você tem ou deseja ser o que você é.

Se não for devidamente tratado, o invejoso se tornará uma ameaça a todos que o cercam. 

O invejosos ou matadores de sonhos alimensam -se de raiva e ressentimentos, deformando assim,o seu caráter. 
 

3. Identificando os assassinos de sonhos.

Alguns comportamentos entram no processo de formação de uma pessoa até que o mesmo se torne um assassino de sonhos ou alguém que tem prazer em destruir a felicidade dos outros. 

3.1 Um assassino de sonhos alimenta-se de raiva.

Alguns assassinos de sonhos são forjados na infância, pois foram mimados em excesso por seus pais,jamais foram contrariados e literalmente fizeram o que queriam. 

Por se alimentarem de inveja,raiva e ressentimentos, tais  pessoas foram lentamente corroídas em sua estrutura emocional. 
 
 "A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe." 
(Provérbios 29:15)
 

3.2 Prepotência.
 
Umas da marcas do assassino de sonhos é sua arrogância. Eles se sentem melhores em tudo que fazem. 
Tais pessoas não admitem estar por baixo e não aceitam o fato de que alguém saiba ou tenha mais experiência que ela. Se encontram alguém realizando algo grandioso enumeram os defeitos e se declaram inimigos da mesma. 

Aprendi uma máxima que diz: 

"Toda pessoa que encontro é superior a  mim em alguma coisa e partindo desta principio eu posso aprender alguma coisa com ela."

O filosofo já dizia: “Uma coisa sei,que nada sei.” 

O apóstolo Paulo escreveu aos Coríntios ensinado que se alguém julga saber alguém coisa, ainda não aprendeu como se deve saber , pois o saber ensoberbece e o amor edifica. 


3.3 Ressentimentos.

Ninguém pode realizar algo grandioso tendo o espírito em frangalhos,pois o espírito abatido faz secar os ossos.  Uma das coisas que aniquilam o potencial do ser humano são as mágoas e os ressentimentos. Os assassinos de sonhos tem algo em comum: O ressentimento e o ódio.


Em algum momento,qualquer um de nós pode invejar ou odiar alguém. As situações da vida,os infortúnios,as perdas e as injustiças que sofremos conspiram contra nossas emoções. Imagine alguém que trabalha duro para conquistar seus sonhos.Derepente,um assaltante rouba seus bens deixando-o num estado de ruína. 

Tente imaginar comigo alguém que confiou em outro,investindo em tal pessoa confiança,tempo e recursos. Derepente, descobre que foi traído. Tais situações podem envenar a nossa alma. Você concorda?

Precisamos estar muito vigilantes contra as situações que tendem a envenar a nossa alma. 

A sucessão de tais acontecimentos pode nos adoecer interiormente. 

Resista a tentação de se vingar.


4. Porque alguns invejam outros?

Porque o comum odeia o incomum, o medíocre odeia o excelente, o fraco odeia o forte,o bem odeia o mal e o fracassado não suporta o realizador. 


5. Resista a tentação de se vingar.

Os anos se passaram e José se tornou o grande governador do Egito. Seus irmãos invejosos vieram até ele na busca por alimentos. Todos  se prostraram diante dele,sem contudo reconhecé-lo. Neste momento José se lembrou dos sonhos de adolescência que despertou o ódio de seus irmãos em relação a ele.

Inicialmente José começou a se vingar de seus irmãos. 

 Gênesis 42:7,17 "José, vendo seus irmãos, reconheceu-os; mas portou-se como estranho para com eles, falou-lhes asperamente e perguntou-lhes: Donde vindes? Responderam eles: Da terra de Canaã, para comprarmos mantimento. 17. E meteu-os juntos na prisão por três dias." - Bíblia JFA

5.1 José resistiu esta tentação de se vingar.

De alguma forma ele entendeu que as injustiças de seus irmãos o conduziram ao Egito,onde ele cresceu e se tornou o governador de toda terra. 

A partir deste entendimento,ele DECIDIU perdoar e sustentar seus irmãos. Perdoar é uma decisão.

Veja como isso aconteceu:

Gênesis 45:1-5 "Então José não se podia conter diante de todos os que estavam com ele; e clamou: Fazei a todos sair da minha presença; e ninguém ficou com ele, quando se deu a conhecer a seus irmãos. 2. E levantou a voz em choro, de maneira que os egípcios o ouviram, bem como a casa de Faraó. 3. Disse, então, José a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não lhe puderam responder, pois estavam pasmados diante dele. 4. José disse mais a seus irmãos: Chegai-vos a mim, peço-vos. E eles se chegaram. Então ele prosseguiu: Eu sou José, vosso irmão, a quem vendestes para o Egito. 5. Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos aborreçais por me haverdes vendido para cá; porque para preservar vida é que Deus me enviou adiante de vós."
 - Bíblia JFA


6. Cultive a humildade.

Humildade  é a  capacidade de alguém assumir o seu próprio tamanho e adimitir suas limitações. É entender que todos somos falhos e reconhecer que em algum momento, podemos decepcionar outros. Humildade  é  dizer  não  sei  e se abrir  para novos aprendizados. 
A maior declaração de humildade e pedir ajuda. 

6.1) Qualquer pessoa pode se tornar um assassino de sonhos se optar sem seguir a trilha da mágoa e rancores.

Perdoar é uma decisão.

José decidiu perdoar e sustentar seus irmãos, porque entendeu o plano maior de sua vida e porque acreditava que Deus é poderoso para transformar a maldição em benção.

 Gênesis 50:15-21 "Vendo os irmãos de José que seu pai estava morto, disseram: Porventura José nos odiará e nos retribuirá todo o mal que lhe fizemos. 16. Então mandaram dizer a José: Teu pai, antes da sua morte, nos ordenou: 17. Assim direis a José: Perdoa a transgressão de teus irmãos, e o seu pecado, porque te fizeram mal. Agora, pois, rogamos-te que perdoes a transgressão dos servos do Deus de teu pai. E José chorou quando eles lhe falavam. 18. Depois vieram também seus irmãos, prostraram-se diante dele e disseram: Eis que nós somos teus servos. 19. Respondeu-lhes José: Não temais; acaso estou eu em lugar de Deus? 20. Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; Deus, porém, o intentou para o bem, para fazer o que se vê neste dia, isto é, conservar muita gente com vida. 21. Agora, pois, não temais; eu vos sustentarei, a vós e a vossos filhinhos. Assim ele os consolou, e lhes falou ao coração."
 - Bíblia JFA 

Esteja sempre vigiando a motivação do seu coração.


7. Decida vencer os matadores de sonhos.

Aquilo que você não vence lhe vencerá. O vencido se torna escravo daquele que o venceu.O que você não resolve você terá de carregar. 

Como José decida vencer os matadores de seus sonhos. Decida não carregar ninguém em sua alma. Decida perdoar. 

Cada um de nos tem duas opções diante das perdas e decepções que enfrentamos. Perdoar ou se vingar. 

7.1) Decida perdoar.

“É fácil falar de perdão até termos alguém para perdoar”.
(C.S. Lewis)
 
Perdoar é não colocar lente de aumento no fracasso de seus filhos ou discípulos. Perdoar é dar uma segunda ou uma terceira chance. 

O perdão é o segredo da cura total. 

Quando perdoamos nos assemelhamos a Deus. Quando não perdoamos abrimos espaço para Satanás e seus demônios agirem em nossas vidas. (2 Co.2:10,11)

Deus lhe chamou para sonhar e ao mesmo tempo motivar outros a sonharem. Como fez José em relação a seus irmãos, não permita que as mágoas roubem isso de você.
Não permita que os ressentimentos envenenem sua alma.
Solte seus algozes.(Mateus 5:44,45)


O ódio é dos escravos o perdão é dos nobres. 
Você é escravo ou nobre? 

7.2) Perdoar é uma decisão. 

Sou eu quem decido a hora,o dia e o lugar do meu perdão. 

Olhando para aqueles que o crucificavam Jesus disse: “Pai perdoa-lhes porque eles não sabem o que fazem.”(Lc.24.34)

E lembre-se: 
As pessoas sempre serão maiores que seus erros. 

Pessoas são mais importantes que coisas e o amor tudo sofre,crê,suporta e espera.(1 Co.13:7,8)

O amor cobre multidões de pecados.(1 Pedro 4:8)

Decida vencer os matadores de sonhos. 

Acredite que Deus é poderoso para transformar a maldiçåo em benção. (Gênesis 50:20)

O nosso Deus é especialista em transformar os golpes do inimigo em dobradas bençãos para nossa vida.

Adotando a atitude de José, você será capaz de vencer todos os matadores de sonhos que cruzaram seu caminho.

Meditação final:

Salmos 126:5 "Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. 6. Aquele que sai chorando, levando a semente para semear, voltará com cânticos de júbilo, trazendo consigo os seus molhos." 
- Bíblia JFA.

 Romanos 8:18. "Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada."
 - Bíblia JFA.

Pastor Venilton Jesus
prvenilton@gmail.com
Dezembro de 2015


 
Postar um comentário